Quinta, 20 de Janeiro de 2022 13:38
000000
Cidades Feminicídio

Homem mata a esposa e depois tira a própria vida

Familiares explicaram que o casal estava em processo de separação e possivelmente o homem não estava aceitando o término.

13/12/2021 18h26
Por: Redacao Fonte: meionorte.com
Homem mata a esposa a tiros e depois tira a própria vida em cidade do Piauí (Foto: Redes Sociais)
Homem mata a esposa a tiros e depois tira a própria vida em cidade do Piauí (Foto: Redes Sociais)

Um casal foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (13), dentro de uma residência no centro da cidade de Barra D´Alcântara, localizada na região Sul do Piauí. Os dois foram identificados como Airton Paulo Alves dos Santos e Rairane Rodrigues da Silva. 

Em entrevista ao Meionorte.com, o comandante do Grupamento de Polícia Militar de Barra D´Alcântara, Cabo Carneiro, explicou que segundo informações de familiares do casal, ele teria matado a esposa a tiros e em seguida, tirado a própria vida. A Polícia Militar foi acionada por vizinhos e encontraram os corpos em um dos cômodos da casa. 

“Nós fomos acionados por volta das 9 horas da manhã e quando chegamos no local, o pessoal falou que o casal estava com um comportamento estranho, pois tinham deixado o carro fora da casa com as portas abertas. Quando chegamos, chamamos, batemos e não conseguimos contato. Familiares nos autorizaram a entrar, pulamos o muro e em um dos quartos da casa, nos deparamos com a cena do crime”, informou o comandante. 

Familiares também explicaram que o casal estava em processo de separação e possivelmente o homem não estava aceitando o término. Airton Paulo Alves teria ido buscar Rairane Rodrigues em um interior do município e quando retornaram para a residência na manhã de hoje, ocorreu o episódio.

“O casal estava em separação. Segundo populares, ele foi pegar ela no interior da cidade e vieram para casa. Familiares também relatam isso. Acionamos a perícia criminal e o IML, que já está em deslocamento para a cidade”, finalizou cabo Carneiro. O caso será investigado pela Delegacia de Polícia Civil de Elesbão Veloso. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.