Quarta, 12 de Maio de 2021 04:37
(86) 99911-8355
Polícia OPERAÇÃO

Operação Conexão Artificial: nove pessoas são presas por tráfico de drogas sintéticas no Piauí

A Operação contou com o apoio operacional da Delegacia Regional de Parnaíba, Diretoria de Inteligência da PCPI e Diretoria de Inteligência da PMPI.

23/04/2021 11h59
Por: Redacao
Operação Conexão Artificial: nove pessoas são presas por tráfico de drogas sintéticas no Piauí

A Polícia Civil do Piauí deflagrou Operação Conexão Artificial na última quinta-feira (22/04) e cumpriu mandados judiciais. A operação foi chamada assim porque foi verificado que entre os investigados a associação/conexão para o tráfico de drogas modificadas artificialmente, ou seja, sintéticas.

Após aprofundamento de investigações relacionadas ao tráfico de drogas sintéticas e semi-sintéticas no Estado do Piauí, com operações principalmente na capital e no norte do Estado, foi verificado pelos Policiais Civis da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes que, dentre grupos atuantes de traficantes, existia um grupo responsável por comercialização de drogas sintéticas e semi-sintéticas, e que após várias prisões realizadas em operações desta Delegacia Especializada foi possível verificar a conexão entre os investigados, sendo que  dentre as drogas apreendidas havia Skank, Haxixe, Crumble, MDMA e Ecstasy.

Durante o ano de 2020 e 2021 foram presos vários integrantes deste grupo, sendo que alguns permanecem presos até o momento. Alguns destes investigados residiam em apartamentos da zona leste da capital e um alvo conseguiu decisão judicial para importar sementes e cultivar canábis sativa para fins medicinais. Após meses de investigação e com os indícios suficientes do cometimento dos crimes de associação para o tráfico e tráfico de drogas, foi representado pelas prisões preventivas dos investigados, sendo que após parecer favorável do Ministério Público e deferimento do Juiz da Central de Inquéritos de Teresina-PI, foram expedidos os mandados de prisão preventiva e busca e apreensão dos alvos da referida operação.

A Operação contou com o apoio operacional da Delegacia Regional de Parnaíba, Diretoria de Inteligência da PCPI e Diretoria de Inteligência da PMPI.

Segundo Delegado Luciano Alcântara, titular da Depre, foram presas 09 pessoas durante os 12 meses de investigação dessa operação, bem como apreendidas três armas de fogo e dez quilos de drogas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.