Quarta, 12 de Maio de 2021 05:13
(86) 99911-8355
Política DENÚNCIA

Prefeito de Lagoa de São Francisco é denunciado após demitir 15 funcionários da área da saúde e assistência social

Os profissionais já acionaram o Ministério Público de Pedro II.

13/04/2021 19h16
Por: Redacao
Prefeito de Lagoa de São Francisco é denunciado após demitir 15 funcionários da área da saúde e assistência social

Um grupo de profissionais da área da saúde e assistência social denunciou o atual prefeito de Lagoa de São Francisco, João Arilson de Mesquita Bezerra ao Ministério Público de Pedro II. O prefeito exonerou em 1º de abril de 2021 o total de quinze profissionais, conforme consta em diário oficial (Portaria Gab nº 080/2021).

Além de serem exonerados, os profissionais relataram que João Arilson se nega a pagar os direitos trabalhistas e sua equipe se recusa a prestar informações quando são questionados.

Os profissionais da saúde e assistência social foram aprovados em teste seletivo no ano de 2019, que teria validade até a realização do concurso público municipal. Outros profissionais ligados ao prefeito e vice-prefeito foram contratados nas vagas dos celetistas, o que desperta bastante indignação aos que lograram êxito no certame. 

O teste seletivo foi aplicado para que o prefeito da referida cidade, sendo na época Veridiano Carvalho de Melo, se programasse para realização de concurso público conforme recomendação da 2ª Promotoria de Justiça de Pedro II-PI, que tem como responsável o promotor Dr. Avelar Marinho Fortes do Rêgo.

Vale ressalvar que já houve licitação para realização do concurso, sendo promovida a banca CONSEP – Consultoria e Estudos Pedagógicos. Devido a pandemia e proximidade com o período eleitoral em 2020, não foi possível a realização do concurso público municipal.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.