Banner super
REIVINDICAÇÃO

COMERCIANTES SOLICITAM ABERTURA DO COMÉRCIO EM PEDRO II

Cidade não apresenta nenhum caso do CORONAVÍRUS

17/04/2020 13h59Atualizado há 1 mês
Por: Redacao
Fonte: OPALANEWS/CDL PEDRO II
409

Na noite de ontem (16.04.2020), a Câmara de Dirigentes Lojistas de Pedro II - CDL, reuniu-se no edifício Opala Center, e, ouvindo as colocações de alguns membros, que ressaltaram à situação que estão passando com seus comércios fechados, com os impostos e demais encargos atrasados e com faturamento comprometido devido as medidas imposta para conter o CORONAVIRUS, solicitaram providências por parte do gestor municipal.

Outro assunto tratado foi a desobediência de muitos comerciantes ao decreto municipal que restringe a abertura dos comércios e, principalmente, aos que tem permissão para abrir, mas não estão cumprindo com as orientações sanitárias.

Como resultado da reunião, foi aprovado que seria enviado um ofício ao senhor Prefeito de Pedro II, colocando a situação vivenciada pelos comerciantes e também o reconhecimento de que se deve cumprir com todas as orientações da autoridades sanitárias de Pedro II, visando afastar a contaminação pelo COVID-19, mas solicitando a flexibilização da abertura do comércio e seu horário de atendimento.

Hoje, conforme apurou o Opalanews, foi feito o Ofício e assinado por grande parte dos interessados, que deverá ser entregue ao Prefeito ALVIMAR MARTINS. 

Veja na íntegra o Ofício.

 

CAMARA DE DIRIGENTES LOJISTAS DE PEDRO II - PI

Pedro II (PI), 17 de abril de 2020

 

Ilmo. Sr. Prefeito,

Alvimar Oliveira de Andrade

Nesta

 

Nós, que fazemos a CDL de Pedro II, em nome de todos os comerciantes da cidade, abaixo- assinados, vimos, através do presente, solicitar de Vossa Senhoria o posicionamento acerca da possibilidade de abertura do comercio local na próxima semana, com flexibilização do horário, considerando:

1-      No Município, até o momento e Graças a Deus e ao brilhante trabalho que as equipes de saúde e segurança estão realizando, tão bem coordenadas por Vossa Excelência, os quais estão desempenhando, seja na barreira sanitária ou nos acompanhamentos de casos suspeitos;

2-      Que as cidades no entorno, que direta ou indiretamente se alimentam ou fornecem para Pedro II não apresentaram casos positivos, até o presente momento;

3-      Que, baseado nos decretos expedidos até o momento, cuja determinação é do fechamento do comércio, com exceção dos serviços essenciais, temos observado que a maioria dos comerciantes estão desrespeitando as normas, seja com a abertura de suas lojas ou não atendendo as normas de higienização e distanciamento, sendo que os fiscais não tem força, nem poder de fazer cumprir o que se determina nos decretos, levando um descontentamento daqueles que estão com seus estabelecimentos fechados e cumprindo com as determinações. O que nos leva a fazermos os seguintes  pedimos e sugestões:

 

          I.             Que se faça a reflexão e com base no que foi exposto e análises técnicas, reveja a determinação de fechar toda atividade comercial em nossa cidade, para que possibilitar a abertura dos comércios a partir de segunda-feira 20 de abril de 2020, observando e fazendo com que todos cumpram as exigências da OMS e da Secretaria Municipal de Saúde;

        II.            Podendo Flexibilizar o horário de atendimento, o que sugerimos que fique estabelecido o horário de reduzido de funcionamento, ficando autorizado das 7:00hs até as 13:00hs, para todos, e, continuar o mesmo horário para os comércios essenciais;

      III.            Exigir o uso de máscara por parte de todos, seja proprietário, funcionário e cliente, pois se comprovou ser um meio que reduz efetivamente a contaminação;

     IV.            Todos os comércios, até mesmo os chamados serviços essenciais devem seguir rigorosamente tais exigências, bem como disponibilizar na entrada de cada estabelecimento comercial: água, sabão ou álcool em gel, no mínimo 70, para todos os clientes e funcionários se higienizarem antes do acesso;

       V.            Estimular, como líder através das rádios, internet e outros meios de comunicação tais medidas de proteção;

     VI.            Ser mais rigoroso no cumprimento das normas da OMS quanto ao distanciamento e se possível criando multas para os clientes e comerciantes que não cumprirem rigorosamente tais exigências.

    VII.            Continuar, de formar mais efetiva, com a publicidade das orientações para a população, através de carros de som, rádios locais e todas as mídias disponíveis;

  VIII.            Criar um canal de comunicação direta com nossa instituição, no sentido de contribuirmos com sugestões e apoiarmos as decisões do município;

Acreditamos que se todos cumprirem o que se pede, não teremos proliferação do vírus, tampouco o aumento do desemprego ou fechamento de comércios.

Contamos com sua valorosa compreensão e agradecemos o empenho na solução do problema.

 

FOTO: Opalanews