Banner super
Geral

Pessoas com direito ao precatório são alvos de golpistas

Tribunal de Justiça do piauí alerta

16/01/2020 13h58
Por: Redacao
Fonte: redação cidadeverde (informações tjpi)
221

O Tribunal de Justiça do Piauí acionou a Polícia Civil para investigar supostos golpes as pessoas que são beneficiárias de precatórios (dívida junto ao estado já reconhecida pela Justiça). O Tribunal fez nesta quinta-feira (16) um alerta a seus jurisdicionados e afirma que a denúncia já está sendo acompanhada pela Superintendência de Segurança do TJ-PI. Há registros de vítimas em Teresina e Monsenhor Gil. 

Segundo a denúncia, estelionatários estariam entrando em contato com os credores e solicitando a realização de depósitos bancários para que os valores referentes aos precatórios sejam liberados. 

Por conta disso, o TJ-PI reitera à sociedade piauiense que não envia e-mail ou faz ligações solicitando o pagamento de quaisquer taxas. Além disso, ressalta que os credores que têm direito ao pagamento de precatórios são comunicados exclusivamente via intimação judicial. 

Para o esclarecimento de eventuais dúvidas, os interessados podem entrar em contato com a Coordenadoria de Precatórios do TJ-PI por meio do telefone (86) 32214877 ou acessar o endereço eletrônico www.tjpi.jus.br/portaltjpi/precatorio/. A Coordenadoria de Precatórios está localizada no subsolo do Palácio da Justiça (localizado na Praça Edgard Nogueira, S/N, Centro Cívico, Teresina).

Precatório

Precatório é o reconhecimento judicial de uma dívida que o ente público tem com o autor da ação, seja ele pessoa física ou jurídica. O TJ-PI é o responsável por gerenciar a “cobrança” do ente devedor, de modo que seja garantida a exatidão do crédito e a ordem de pagamento.