Quinta, 19 de Maio de 2022
29°

Alguma nebulosidade

Teresina - PI

Geral Solicitação

Comissão da OAB-PI solicita iluminação de cor laranja da ponte estaiada em campanha de proteção e defesa dos animais

A Comissão de Proteção e Defesa dos Animais, vinculada à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Seccional Piauí, solicitou ao poder executivo de Teresina a iluminação do cartão postal, ponte estaiada, na cor laranja, chamando atenção para a campanha “abril laranja”, contra os maus-tratos aos animais.

20/04/2022 às 20h11
Por: Redacao Fonte: OAB
Compartilhe:
Foto/ OAB-PI
Foto/ OAB-PI

A Comissão de Proteção e Defesa dos Animais, vinculada à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Seccional Piauí, solicitou ao poder executivo de Teresina a iluminação do cartão postal, ponte estaiada, na cor laranja, chamando atenção para a campanha “abril laranja”, contra os maus-tratos aos animais.

“É muito importante esse diálogo da OAB com a sociedade piauiense e com outras instituições para conscientizar a população sobre os direitos e cuidados aos animais”, ressaltou Dárcia Alencar, presidente da Comissão.

Criada pela Sociedade Americana para Prevenção da Crueldade Contra Animais (ASPCA), a campanha Abril Laranja defende a guarda responsável e a dignidade dos animais.

Na mesma temática, a Comissão da OAB-PI lançou uma campanha para arrecadação de ração, alimentos e materiais de limpeza, tendo a sede como posto de coleta. A ação visa contemplar Organizações Não Governamentais (ONGS), abrigos e protetores independentes de Teresina.

 

É CRIME

 

Abandonar, ferir, mutilar, envenenar, manter preso permanentemente em correntes, manter em locais pequenos e sem higiene, não abrigar do sol, da chuva e do frio, deixar sem ventilação ou luz solar, não dar comida e água diariamente, negar assistência veterinária ao animal doente ou ferido são algumas das atitudes caracterizadas como maus-tratos de animais.

No Brasil, a Lei Federal nº 9605/98 prevê pena de três meses a um ano e multa para quem maltratar animais domésticos, silvestres, nativos ou exóticos. Além disso, em caso de morte do animal, a pena pode ser aumentada de um sexto a um terço. Em 2020, a Lei nº 14.064, inseriu o parágrafo 1º-A, na Lei de Crimes Ambientais, que aumentou a pena para crimes cometidos contra cães ou gatos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.